Data : 24/03/2016 Categoria : Publicidade e Propaganda, Redação Publicitária
frase_blog_assistentemkt

Na área da comunicação é comum os profissionais encontrarem boas oportunidades em empresas de outros segmentos. Principalmente quem deseja seguir na área de marketing ou está entrando no mercado e busca boas chances de crescimento. Encontrarão atrativos no cargo de assistente de marketing, independentemente do segmento da empresa, pois o crescimento no setor de marketing é essencial para o sucesso da corporação.
O trabalho como assistente de marketing envolve o suporte no contato com agências e outros meios de comunicação, implementação de campanhas publicitárias, avaliação do desempenho de vendas, pesquisas, busca por parcerias, desenvolvimento de promoções e campanhas, mala direta e na grande maioria das vezes, a elaboração da redação que será usada em algum destes materiais ou para qualquer outra finalidade dentro das ações de marketing.

E o que isso tem a ver com redação publicitária?

Praticamente tudo! Para desenvolver textos claros, coesos, atrativos e orientados para resultados é indispensável o básico de conhecimento em redação publicitária, mesmo para quem está no cargo de assistente de marketing de uma fabricante de pneus. E hoje, com a internet, isso vai além. O assistente de marketing desenvolve conteúdo da empresa para portais internos e externos, como blogs e mídias sociais da instituição. Ou seja, acaba virando também a referência de webwriting dentro do setor.
Por isso, compreender e dominar algumas técnicas básicas de redação publicitária é o diferencial para este profissional. Tanto na hora de elaborar um e-mail direcionado para B2B e outro para o público final, como para atuar nas campanhas presenciais da empresa, por exemplo.

Pra começar, o que os assistentes de marketing precisam saber sobre redação publicitária?

Conhecer o público-alvo
É a essência para conseguir cativar as pessoas. Se você conhece o gosto do seu público, as suas manias, gírias e costumes, fica mais fácil escrever para ele. Por exemplo, se você vai escrever um e-mail para um goiano simples, pacato, gente fina e dono de uma padaria oferecendo as suas soluções para as mídias digitais dele, ao invés de ser (ou tentar ser) todo formal com:
“Bom dia, Sr. Antônio. O senhor tem disponibilidade na agenda para marcamos uma reunião para eu apresentar as nossas soluções diferenciadas para mídias digitais…”

Será muito mais simpático se começar o e-mail assim:

“Olá, Sr. Antônio, joia?
Meu nome é Leandro da empresa XPTO e gostaria de agendar uma reunião e um bate-papo com o senhor para apresentar as soluções de mídias digitais que oferecemos. Isso pode te auxiliar muito e trazer mais resultados para a sua padaria”.

A substituição de “Bom dia, Sr. Antônio.” por “Olá, Sr. Antônio, joia?”, mostra que você sabe que, pelo menos a maioria dos goianos são mais diretos, ou invés de escreverem/dizerem “Olá, Antônio, tudo bem? ou Olá, Antônio, tudo joia com você?”, já vão direto ao ponto com “Olá, Antônio, joia?”.
E falando a “língua” do seu público-alvo fica ainda mais fácil de ganhar a simpatia e identificação dele.

Criar bons títulos
O título, seja ele para uma campanha, um artigo para a internet, um post ou um e-mail, tem a função de contextualizar a informação que contém no restante da peça, tanto escrita como em forma de imagem.
E para cada um destes casos existem técnicas específicas para te ajudar a criar títulos mais cativantes.
Para um post no facebook, por exemplo, é preciso levar em consideração a porcentagem de texto que pode ser usado em imagens de posts que serão patrocinados, selecionar qual a principal informação que deverá constar ali e quais as demais informações para o texto complementar do post.

Para um e-mail, é preciso determinar qual é o tema principal dele e ainda assim, deixar de modo atrativo para que a pessoa tenha interesse em abrir e ler todo o restante do seu e-mail. Mas lembrando sempre que é fundamental comunicar no assunto do e-mail o que exatamente se trata.
Além disso, existem palavras e termos como “novo, grátis, importante, fácil, última oportunidade, oferta, sensacional, 6 dicas para, o que você precisa saber, aviso, o que fazer quando”, que são indicadas para chamar a atenção e comunicar de maneira fácil e direta os seus títulos.

Adequar a linguagem para cada mídia
É fundamental saber o que, como e quando comunicar em cada tipo de mídia. E no dia a dia do assistente de marketing, dominar isso é primordial para elaborar campanhas certeiras para cada mídia: TV, rádio, impressa, internet. E quando o assunto for marketing de conteúdo, também é preciso lembrar que é possível segmentar e direcionar as campanhas de acordo com cada rede social e público.
Bom, estes são apenas alguns pontos chave que todo assistente de marketing precisa saber sobre redação publicitária. Claro, como aqui é um blog, não tem TUDO o que você precisa aprender sobre o tema. Por isso, a dica é buscar livros (tem dicas de alguns neste outro post) e referências da área, cursos online e presenciais, palestras e bate-papo com redatores publicitários e outros profissionais de comunicação.

E se tiver alguma dúvida, manda pra gente! :)

Frase Conteúdo Estratégico

 

banners_blog_frase_intensivo


  • Aline Duarte Responder
    mar 24, 2016 - 10:56 amOct 14, 2014 - 08:07 pm

    Perfeito! Muito obrigada Rodolfo e equipe da Frase. Suas dicas são excelentes! Um grande abraço.

    • Frase Conteúdo Responder
      mar 24, 2016 - 11:27 amOct 14, 2014 - 08:07 pm

      Oi, Aline!
      Que bom que você gosta do nosso conteúdo! Abraços da equipe toda! 😉

DEIXE SEU COMENTÁRIO


Receba nossos posts

box-site

frase_maratona_sp_imagem_site

bannersite_frase_socialbase

bannersite_frase__desbloqueio

banner_Ebook_Frase_TI_home3

Copyright © 2015 Frase Conteúdo Estratégico - Todos os direitos reservados.